TunaMaria
Página Inicial Historial Elementos Multimédia Festival Marias Agenda
O Espírito Académico e a interacção entre os universitários são tradição entre aqueles que ingressam no ensino superior.

A TunaMaria surge no ano de 1994 com o intuito de incutir nos nossos colegas o espírito académico, fomentando um vínculo de amizade e companheirismo entre os seus elementos na sua passagem pela faculdade, através da música. Ao longo destes quinze anos a TunaMaria procurou proporcionar momentos de comunhão entre os seus elementos e o espaço académico, divulgando o nome da faculdade por todo o país e além fronteiras, utilizando para tal a tão característica música de Tuna. Ao longo da sua existência a TunaMaria já percorreu Portugal de norte a sul, não esquecendo as nossas magníficas Ilhas Atlânticas. Entre as várias actividades e actuações efectuadas em diversos eventos, destacam-se Festivais e Encontros de Tunas realizados em Évora, Estremoz, Lisboa, Oeiras, Santarém, Entroncamento, Abrantes, Coimbra, Aveiro, Porto, Braga, Covilhã, Tomar e Santarém.

SALIENTAM-SE AINDA AS SEGUINTES ACTIVIDADES:

  • Digressão por algumas Ilhas dos Açores, a propósito de festas locais (S. Miguel, Pico e Faial), de 11 a 23 de Agosto de 95;
  • Digressão pelas Ilhas da Madeira e de Porto Santo, em Agosto de 1997;
  • Digressão pelo Perú para participar no Festival Internacional de Tuna Femininas da Universidad de San Marcos (Lima), Abril 2004;
  • Digressão pelo Chile para participar no I Encontro Ibero-Americano de Tunas e Estudantinas em Iquique, Janeiro de 2006;
  • Organização de eventos, promovendo o espírito académico e divulgando o trabalho da TunaMaria, nomeadamente a festa intitulada de "Chapéus há muitos…mas nenhum como o da TunaMaria", em Março de 2007 e a I Grande Noite de Fados a 9 de Maio de 2007;
  • Organização da II Grande Noite de Fados da FCT em Novembro de 2008.
  • Lançamento do primeiro CD, "Notas à Margem", a 31 de Outubro de 2009.
  • Organização da III Grande Noite de Fados da FCT, em Dezembro de 2009.
  • Organização do "Marias - Festival de Tunas Femininas na FCT/UNL", realizados em 1997, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2008, 2010, 2011, 2012, 2014 2015, 2016 e 2017;

PRÉMIOS:

  • Melhor Instrumental - II FETUF - 1996
  • Melhor Instrumental - II Festival de Tunas Femininas do ISEP - 1996
  • Melhor Tuna, Melhor Solista e Melhor Instrumental -III Festival de Tunas Femininas do ISEP - 1997
  • Grande Prémio e Melhor Instrumental - II São Vicente - 1997
  • Melhor Instrumental - III Trovas - 1998
  • Melhor Pandeireta Feminina - I Festival de Tunas Académicas em Estremoz - 1998
  • Melhor Serenata - Festuna - 1999
  • Melhor Solista e Melhor Apresentação - III Expedição - 2000
  • Melhor Solista - V Trovas - 2000
  • Melhor Solista - VII Festival de Tunas Femininas do ISEP - 2001
  • Melhor Instrumental - VIII Canto da Sereia - 2001
  • Melhor Solista e Melhor Porta-Bandeira - I Adamastor - 2002
  • Melhor Porta-Estandarte e Melhor Arranjo Vocal - IV Xácara das Bruxas - 2002
  • Melhor Serenata - Festival de Tunas de Lisboa - 2002
  • Melhor Solista - I Encantunas - 2002
  • Melhor Tuna - V Expedição - 2002
  • 2ª Melhor Tuna e Melhor Pandeireta - VI Expedição - 2003
  • Melhor Tuna e Melhor Instrumental - III Acordes do Douro - 2003
  • Melhor Instrumental - VIII Trovas - 2003
  • Mejor Bandeira Mejor, Ensamble Vocal, Mejor Instrumental, Melhor Solista - I Sancti Marci, Peru - 2004
  • Tuna Mais Tuna - IV Acordes do Douro - 2005
  • Melhor Solista - II Tradições - 2005
  • Melhor Solista - VII Expedição - 2005
  • Melhor Fado e Melhor Instrumental - IX Noite de Serenatas Femininas - 2005
  • Melhor Instrumental, Melhor Tuna - IV De Capa e Saia - 2005
  • Melhor Solista - De Capa e Saia - 2006
  • Melhor Instrumental e Melhor Arranjo Vocal - VI Xácara das Bruxas - 2006
  • Melhor Instrumental - XIII Canto da Sereia - 2006
  • Melhor Instrumental - XI Noite de Serenatas Femininas - 2007
  • 3ª Melhor Tuna – I Boémio
  • Melhor Porta-Estandarte – I Capas Ricas
  • Melhor Solista – XIII Noite de Serenatas Femininas - 2009
  • Melhor Solista e Melhor Apresentação – IX Xácara das Bruxas - 2011
  • Tuna Mais Tuna – II Luzias - 2011
  • Melhor Serenata – I Musicalis - 2015
  • Melhor Adaptação – XXII Canto da Sereia - 2015
  • Melhor Serenata e Melhor Porta Estandarte – XIV Moura Encantada - 2016
  • Melhor Serenata, Melhor Original, Melhor Solista, Melhor Instrumental e Melhor Tuna – VII Feitiço - 2017
  • Melhor Original – V Vai Rapariga - 2017

AFILHADAS:

Tuniña Universitaria de San Marcos



Corria a noite do dia dezanove de Março do ano de dois mil e três, quando se procedeu à cerimónia na qual apadrinhámos a Tuniña Universitaria de San Marcos. Foi por ocasião do Marias 2003 que esta tuna, de terras da América do Sul, veio a Portugal. Para nossa alegria conhecemos almas gémeas, pessoas de grande simpatia e carinho. A ligação foi desenvolvendo-se, culminando neste gesto de apreço e reconhecimento - que não é mais do que o início de uma relação de amizade.

A Tuniña é a tuna feminina da Universidad Mayor de San Marcos de Lima. Foi fundada em Outubro de mil novecentos e noventa e nove e é a primeira tuna feminina do Peru. É composta por alunas das várias faculdades da UNMSM e tem como missão o desenvolvimento pessoal através do espírito de grupo. Com repertório oriundo não só do seu país natal, mas um pouco de toda a América Latina, Espanha e mesmo de Portugal, a tuna encanta e conquista o público.

Fica a esperança de que este gesto seja o mote para uma ligação que se mantenha, trazendo alegria, orgulho e mais valias.

Imagens da cerimónia

Mais informações
Para mais informação aconselhamos uma visita ao site da Tuniña Universitaria de San Marcos.

 

 

CONTACTOS


© TunaMaria 2013